Comer pasta de amendoim na gravidez, pode?

Com o anúncio da gravidez da Duquesa Kate Middleton e de como ela evitou comer pasta de amendoim em uma de suas visitas oficiais em decorrência desse fato, levantou-se a dúvida: as grávidas podem ou não comer a iguaria durante a gestação?

A manteiga de amendoim é uma excelente fonte de proteínas e por isso faz tão bem a crianças e gestantes. No entanto, com o aumento de casos de pessoas alérgicas no mundo moderno, alguns especialistas sugerem que comer pasta de amendoim durante a gestação pode acarretar em nascimento de crianças alérgicas ao próprio amendoim em grão.

Comer pasta de amendoim na gravidez, pode? 1

Pesquisas com mães feitas em 2007 com mulheres que comiam amendoim mais do que duas vezes por semana durante a gravidez, comprovaram um aumento significativo na sensibilidade infantil para alergias ao ovo e leite, muitas vezes seguido por alergia a amendoim em fases posteriores. No entanto, a AAP (American Academy of Pediatrics) recomenda que apenas as gestantes com história de alergia a amendoim em sua família deve evitar comer amendoim durante a gravidez.

Na realidade muitos especialistas concordam que ainda não há evidência suficiente para recomendar que todas as mulheres devessem excluir completamente o amendoim durante a gravidez. Além do mais, cardiologistas apontam o amendoim como rica fonte de nutrientes, tais como o manganês, o triptofano, a vitamina B3, folato e cobre.

Bons substitutos para essa fase da mulher: nozes e sementes de girassol são ótimos para troca caso algumas mulheres não queiram se arriscar na gravidez.

[the_ad id="1134"]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *