Revisão |  Honzuki no Gekokujou 3 – Capítulos 7 e 8

Revisão | Honzuki no Gekokujou 3 – Capítulos 7 e 8

Esta resenha de Honzuki no Gekokujou 3 contém spoilers. Se você não viu o capítulo, recomendamos que você o faça e depois volte para ler a resenha.

Revisão | Honzuki no Gekokujou 3 – Capítulos 7 e 8

©香月美夜・TOブックス/本好きの下剋上製作委員会

Resumo dos capítulos

Dirik se recupera, mas adoece repetidamente, pelo que se suspeita e confirma que ele tem o Devorador, tornando-o presa fácil para o Patriarca e outros nobres desagradáveis. Mas Delia já está apegada ao bebê e não quer soltá-lo. Por outro lado, a tinta muda de cor e eles não vêem uma correção até que a mãe de Myne lhes fale sobre o fixador, pegando-o e certificando-se de que a tinta não mude de cor. Heidi, ainda curiosa, quer saber o porquê, então Myne diz que vai financiá-la desde que cumpra os prazos acordados. Enquanto estava na Catedral, Delia falou com o Patriarca sobre Dirk, para o qual ele convida um nobre de fora para adotá-lo, causando alguns problemas na entrada. Aquele nobre retorna e é um perigo para Myne, tanto que no mesmo dia ela é sequestrada junto com Turi. Ele é tão nobre assim?

Opinião do Capítulo

Para ser honesto, o capítulo 7 me deixou um pouco entediado ou cansado. Achei lento, além do mais, nem queria ver o capítulo 8, senti mais como um fardo/obrigação. Mas eu vi 8, porque tinha que fazer a resenha, e achei mais divertido, principalmente pelo final. Cansei porque não encontrei coisas tão relevantes nesse capítulo, até a possível adoção de Dirk por Myne não é nada e tudo que Delia estava vivendo (com a outra serva do Patriarca) também deu em nada. Com o capítulo 8 já é perceptível que progride melhor, com Delia sendo Delia e ativando o Patriarca para culminar com o sequestro do rato. Até o guarda-costas de Myne tem mais presença, porque até agora ele era mais uma decoração. E, claro, a tinta também implica um avanço na história e na medida da chegada de Dirk.

Então, até certo ponto, tudo tem sido regular, individualmente o capítulo 8 foi melhor que o capítulo 7. Eu gostaria de ver se os Gutenbergs podem fazer algo além de serem Gutenbergs (aqui eu rio por precaução).

Revisão | Honzuki no Gekokujou 3 – Capítulos 7 e 8

©香月美夜・TOブックス/本好きの下剋上製作委員会

Delia e Dirik

Posso resumir este capítulo da seguinte forma: Delia se afeiçoa a Dirk, não querem que ele se separe dela, mas ela não sabe que ele tem o Devorador, Myne o esconde dela enquanto se dedica mais à pintura. Isso resulta em Delia saber que Dirk está sendo dado para adoção, desencadeando os eventos do próximo capítulo (8). Não me incomoda que Delia tenha feito isso, é parte de seu caráter, é claro que, embora ela tenha se desenvolvido, isso não significa que ela mude drasticamente, principalmente quando ela adquiriu um comportamento. A palavra família acabou sendo muito forte nela, pois nunca a teve e quer cuidar bem de sua única “família”, até gritando com os mais velhos porque Dirk quase caiu. Esse “amor” provou ser fatal.

eventos sinistros

Pulando as partes relacionadas ao Patriarca, só tenho Myne e Heidi na oficina experimentando a tinta na minha cabeça. É aí que eles resolvem parcialmente o mistério para que não mude de cor, mas Heidi ainda está curiosa para saber por que isso acontece. Quando você pergunta por que algo, você quer chegar à raiz do problema e dar uma resolução clara. Se eu me perguntar “por que meu celular dura 24 horas de bateria usando ele continuamente?”, dizendo que a bateria é de lítio não é suficiente, surgem outras perguntas como “o que o lítio tem para suportar tanto?, quais outros componentes ajuda porque dura tanto? e etc Uma atitude mais científica é a que Heidi tem em mente e essa é a grande diferença com Myne.

O mouse é prático, funciona, ponto final. No final, o menor financiará o maior e este fará sua pesquisa adequadamente. Talvez descubra mais coisas, só espero que seja possível ver isso. E agora que falo da Heidi, isso me lembra que outro problema que estou tendo é que estão incluindo muitos personagens e alguns deles já são para decoração, parecendo que iam ter mais destaque. E embora tenham sido “desenvolvidos” para o que interessa ao enredo, vê-los sem a menor relevância não me parece tão apropriado. Mas eu não sou um escritor, então você pode deixar passar…

Revisão | Honzuki no Gekokujou 3 – Capítulos 7 e 8

Revisão | Honzuki no Gekokujou 3 – Capítulos 7 e 8

©香月美夜・TOブックス/本好きの下剋上製作委員会

O Patriarca, é sempre o Patriarca

Delia contou ao Patriarca sobre Dirk e ele sabia o que possivelmente estava acontecendo. Digo a mim mesma que se Delia tivesse sido informada sobre o Devorador, ela poderia ter entendido ou não agido tão impulsivamente. Delia não confia no Sumo Sacerdote e como ele não consegue encontrar alguém, a garota assumiu que o Patriarca, que é de maior escalão, pode fazê-lo com mais facilidade e a isso acrescentamos que o ruivo confia no Patriarca pelo tempo que esteve lá com ele e porque o conhece (além da submissão implícita). Nesse sentido, tudo se justifica e é por isso que ela ri, porque também continuará com Dirk. Tudo isso foi o gatilho para o sequestro de Myne, que todos suspeitamos ter sido causado pelo Patriarca e aquele nobre forasteiro.

Quem será tão nobre? O que os nobres guardiões de Myne farão? O que o pai de Myne vai fazer? O sequestro foi realmente obra dos aliados do Patriarca? Suponho que descobriremos nos próximos capítulos, que espero que avancem um pouco melhor.

Revisão | Honzuki no Gekokujou 3 – Capítulos 7 e 8

Revisão | Honzuki no Gekokujou 3 – Capítulos 7 e 8

©香月美夜・TOブックス/本好きの下剋上製作委員会