Por que um personagem-chave do pacificador foi reformulado no meio das filmagens

Por que um personagem-chave do pacificador foi reformulado no meio das filmagens

HBO Max

Joshua Meyer

A estreia em streaming de “Peacemaker” de James Gunn está quase chegando e, à medida que a série se aproxima de sua estreia no HBO Max, os detalhes estão chegando sobre uma grande mudança de elenco que ocorreu nos bastidores e resultou em refilmagens significativas. “Peacemaker” é um spin-off de “The Suicide Squad” e apresenta John Cena reprisando seu papel como o anti-herói título, que atende pelo nome de Christopher Smith em sua identidade civil. Freddie Stroma, conhecido por sua atuação como Cormac McLaggen na série de filmes “Harry Potter”, interpreta seu companheiro de equipe Adrian Chase, um promotor público que atua como o combatente do crime Vigilante.

Originalmente, o ator Chris Conrad (“Patriot”) foi escalado para interpretar o Vigilante e já havia filmado cenas de cinco e meio dos oito episódios da primeira temporada da série. No entanto, ele logo deixou “Peacemaker” sobre o que soa como diferenças criativas de livros didáticos, deixando Stroma para intervir. Em vez de mudar de cavalo (ou atores) no meio do fluxo, Gunn voltou e refilmou todas as cenas de Vigilante com Stroma. Ao falar com ScreenRant, ele respondeu a uma pergunta sobre a reformulação de Vigilante e explicou o que aconteceu que levou à saída de Conrad e as refilmagens subsequentes:

“[Stroma] chegou tarde. Já tínhamos filmado cinco episódios e meio com outro ator [Conrad], que é um cara incrivelmente talentoso, mas estávamos em páginas diferentes sobre certas coisas, e não acho que ele queria continuar na série a longo prazo. Então trouxemos Freddie, cinco episódios e meio, e eu refilmei todas as cenas dele, e você foi a primeira pessoa que me fez essa pergunta, o que me surpreendeu. Mas sim, nós re-filmámos. Eu dirigi todas as cenas com Vigilante em cinco episódios e meio.”

Estendendo o “Universo Estendido DC”

Pacificador John Cena HBO Max

HBO Max

Com “Peacemaker”, o universo compartilhado não oficialmente conhecido como DC Extended Universe, ou DCEU, está fazendo sua primeira incursão no streaming de televisão. A Marvel Studios já tem um ano de shows do Disney +, incluindo “WandaVision”, “O Falcão e o Soldado Invernal”, “Loki”, “E se …?” e “Gavião”. Então, a DC tem um pouco de recuperação a fazer em termos de lutar nas guerras de streaming, mas isso não é realmente diferente do que está lidando no lado do filme.

O DCEU teve um começo difícil, mas começou a encontrar seu ritmo melhor quando parou de tentar imitar o modelo de universo compartilhado da Marvel e se concentrou apenas em tornar os melhores filmes independentes possíveis. Com “The Flash”, está se aventurando em território multiverso, e com “Peacemaker”, está voltando a um spin-off com ligações diretas a um de seus filmes.

O personagem de Cena acabou sendo uma verdadeira maçã podre em “O Esquadrão Suicida”, mas talvez sua camaradagem com o Vigilante de Stroma ajude a redimi-lo um pouco ou pelo menos tornar suas decisões de personagem mais compreensíveis. Saberemos mais quando os três primeiros episódios de “Peacemaker” estrearem na HBO Max em 13 de janeiro de 2022.

Fonte: Slash Film

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *