Trocaria seu amor por um Ipad?

Um em cada dez homens, prefere ter um iPad a uma namorada. Chocante? Você ainda não viu nada. Na China, pessoas estão trocando seus órgãos pelo tablet, o que lembra uma cena bastante parecida do filme Bruno, em que ele troca um celular por uma criança africana. Mas, e no Ocidente, será que as pessoas iriam tão longe para conseguir um iPad? A resposta parece ser “sim”. Uma pesquisa de opinião feita pelo site britânico roxypalace.com aponta que 11% dos 600 homens entrevistados prefeririam um iPad a uma namorada. E 3% trocariam suas namoradas pelo dispositivo. Absurdo? Que nada! Veja, a seguir, uma pesquisa que sugere algo pior, ou seja, uma, em cada três pessoas, trocaria sexo por acesso à Internet. Confira:

Trocaria seu amor por um Ipad? 1“O que você trocaria pelo acesso à Internet?” – esta foi a pergunta que o grupo Boston Consulting Group fez a pessoas em todos os países do mundo. Eis alguns resultados americanos espantosos:

• 21% das pessoas trocariam o sexo pelo acesso à Internet. É como dizer: “Desculpe querido, eu prefiro ler o que o Ricardão disse no Twitter”.

• 84% abririam mão do seu GPS. Claro, afinal, basta pedir informações a qualquer pessoa no caminho, não é mesmo?

• 83% diriam adeus ao fast food. Ou seja, maior do que a obsessão por comer porcaria, é a obsessão pela Internet. Não deixa de ser uma coisa boa. Pelo menos ajuda a diminuir os casos de obesidade, câncer, doenças cardíacas, diabetes etc.

• 77% cortariam o chocolate. O que significa que apenas 23% das pessoas são loucas por chocolate o suficiente para desistir da rede mundial.

• 73% nunca mais iriam a um happy hour. Mais um ponto para a web: quase três quartos dos americanos dariam adeus às bebidas alcoólicas, a fim de ter acesso à Internet.

• 43% não fariam mais exercícios físicos. Vale a pena qualquer desculpa para esquecer a academia, né?

• 10% jogariam fora as chaves do carro! Imagine! Ficar a pé para ter Internet?!

Mas essa é definitivamente a pior:

 

• 7% das pessoas parariam de tomar banho para ter acesso à Internet. ECA!!!

Trocaria seu amor por um Ipad? 2É inacreditável! As pessoas estão dispostas a trocar até a higiene pessoal pelos seus amigos virtuais (que, com certeza, seriam pouquíssimos, para uma pessoa que não toma banho). Pior do que os americanos, só os ingleses: 17% renunciariam ao banho por um ano inteiro a fim de obter acesso à web. Os resultados são surpreendentes e perturbadores. Com um número crescente de estudos que mostram como a tecnologia está afetando a nossa saúde, bagunçando os nossos padrões de sono e prejudicando a nossa autoestima, não podemos deixar de pensar que está na hora de fazer uma desintoxicação digital.

 

E, por falar em Internet…

Trocaria seu amor por um Ipad? 3ALERTA GERAL: O FBI, (polícia federal norteamericana), avisa que aproximadamente 300 mil computadores infectados podem ficar sem internet em julho! O sistema de segurança temporário, utilizado para proteger a Internet da ação de hackers, está prestes a expirar. O incidente seria provocado pela expiração de um sistema de segurança temporário, posto em prática pelo FBI, como reação a uma rede de hackers. O órgão federal criou um site especial (www.dcwg.org), que permitirá aos usuários determinar se seus computadores estão entre os infectados pela rede, desmantelada em novembro de 2011.

 

Trocaria seu amor por um Ipad? 4O FBI calcula que até 568 mil computadores estejam nessa situação e que os fraudadores teriam acumulado US$ 14 milhões relativos a spams que apareciam nos sites. Em novembro a operação Ghost Click, levou à detenção de seis estonianos acusados de fraude. Eles infectaram centenas de milhares de computadores no mundo todo com um código malicioso nomeado DNS Changer, que facilitava a entrada de vírus em computadores pessoais. Segundo o FBI, os hackers utilizaram esse acesso para manipular a publicidade na rede e ganharam até US$ 14 milhões em receitas ilegais com a manobra.

 

Trocaria seu amor por um Ipad? 5A agência federal calcula que cerca de 350 mil computadores seguem infectados, entre eles 85 mil nos Estados Unidos, onde o vírus chegou até a computadores da NASA. Ao desmantelar a trama, o FBI ativou servidores temporários para evitar a interrupção imediata de muitos dos usuários infectados, a fim de dar tempo para eles limparem seus arquivos. Em 9 de julho, a agência apagará definitivamente esses servidores, motivo pelo qual os usuários de todo o mundo devem comprovar, no novo site, se os seus computadores estão afetados.

[the_ad id="1134"]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *