Gênio, rico e sem diploma

“Você tem que estudar para ser alguém na vida”. Ou não.

A frase clássica das mães não surtiu efeito para alguns ‘gênios’ que abandonaram a faculdade por um sonho maior. E a lista não é pequena:

Gênio, rico e sem diploma 1

Começamos com Steve Jobs. O cofundador da Apple, junto com o também não formado Steve Wozniak, até que tentou ser um bom aluno: estudou por cerca de dois anos na Universidade de Columbia (EUA) mas as idéias de Jobs não ‘caberiam’ em um diploma. Ele largou os estudos para trabalhar, viajar e tocar projetos pessoais, como a criação da Apple.

Gênio, rico e sem diploma 2

Uma das referências entre os empresários do Brasil, acredite, também não tem ensino superior. Eike Batista iniciou os estudos em engenharia metalúrgica na Universidade de Aachen (Alemanha), mas largou a faculdade para começar a vender apólices de seguros. Um ano após abandonar o curso, abriu sua primeira empresa.

Gênio, rico e sem diploma 3

Bill Gates, o fundador da Microsoft é um dos aventureiros mais conhecidos e isso não significa que Gates despreza o ensino superior, pelo contrário. Bill Gates foi aprovado ‘com louvor’ na Universidade de Harvard (EUA), ele abandonou os cursos de matemática e de direito com o mesmo propósito: fundar a empresa que o tornaria um dos homens mais ricos do mundo.
Exemplo/ A tática de Gates e Jobs, parece ter servido de exemplo para Mark Zuckerberg que também largou Harvard para tocar um projeto pessoal. Após dois anos no curso de ciências da computação e psicologia, deixou os estudos para se dedicar ao site Facebook.

Gênio, rico e sem diploma 4

No Brasil, é o apresentador Silvio Santos que faz a vez dos ‘aventureiros de sucesso’. Silvio também não tem o diploma de ensino superior. Ganhou fama como vendedor de canetas e graças a sua capacidade de comunicação se tornou apresentador de TV, locutor e empreendedor de sucesso.

Gênio, rico e sem diploma 5

E por fim, Anna Wintour é um exemplo para as mulheres. A editora-chefe da revista Vogue inspirou a personagem da autoritária Miranda, do filme “O Diabo Veste Prada” e é uma das maiores referências no mundo da moda. No entanto, para chegar a esse status, Wintour não precisou cursar faculdade.

Estes casos, é claro, são excessões. Estudar nunca é demais.

[the_ad id="1134"]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *