Trabalhar à noite encurta a vida e prejudica o casamento

Os trabalhadores noturnos perdem cinco anos de vida para cada quinze dias de jornada de trabalho, segundo um estudo divulgado pela Unidade do Sonho do Instituto Dexeus de Barcelona, juntamente ao Serviço de Neurofisiologia do Hospital da Paz de Madri, ambos na Espanha.

Segundo a pesquisa, aqueles que trabalham à noite se divorciam três vezes mais que o restante das pessoas e têm 40% mais possibilidades de ter transtornos neuropsicológicos, digestivos e cardiovasculares.

O estudo, citado pelo site Espaço Vital, tem como objetivo, segundo os pesquisadores, explicar os “riscos de tentar contradizer o sol“.

Fonte: http://br.invertia.com/noticias/noticia.aspx?idNoticia=200610031330_INV_30177342

[the_ad id="1134"]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *