Categorias
Animes e mangás

Maji de Watashi ni Koi Shinasai! é coroado o melhor eroge de 2021 de acordo com Noisy Pixel

O site popular Noisy Pixel postou uma atualização com seus prêmios anuais habituais, observando que o romance visual de Watashi ni Koi Shinasai, Maji! (Majikoi: Oh! Samurai Girls) foi coroado com o “2021 Best Eroge Award” em sua lista. Vale lembrar que “eroge” é um termo japonês para se referir a videogames eróticos.

Maji de Watashi ni Koi Shinasai!

A visual novel foi desenvolvida pela Minato Soft e lançada no Japão em abril de 2009, mas não foi até fevereiro de 2021 que a distribuidora JAST USA lançou a versão oficial em inglês com DLC e conteúdo adulto (a versão traduzida por fãs foi lançada desde 2015, mas não não conta como um lançamento oficial). Vale lembrar que este videogame inspirou uma adaptação em anime de doze episódios produzida pelos estúdios Lerche, dirigido por Keitaro Motonaga e roteiros escritos por Katsuhiko Takayama, lançado em outubro de 2011.

Sinopse de Maji de Watashi ni Koi Shinasai!

Os samurais são uma parte muito importante da história japonesa, e estar associado a eles de alguma forma é provavelmente uma das coisas mais inspiradoras que um jovem estudante do ensino médio pode esperar. A cidade de Kawakami é conhecida por ter muitos ancestrais samurais entre seus cidadãos e geralmente é cercada por uma atmosfera de espírito de luta, lealdade e dedicação ao trabalho. Em Maji de Watashi ni Koi Shinasai!, os alunos da Kawakami Academy usam esse conhecimento diariamente, seja estudando para exames, participando de competições esportivas ou cuidando bem de suas tradições.

Yamato Naoe é um desses alunos, e seus seis amigos mais próximos (três meninos e três meninas) formam o time perfeito de amizade, rivalidade e motivação. No entanto, mesmo os samurais têm pontos fracos. Embora o equilíbrio e a amizade de longa data de seu grupo tenham permanecido inalterados por muito tempo, quando duas novas garotas entram no grupo, as coisas começam a ficar muito mais interessantes. Eles não apenas precisam manter o que acreditam ser a tradição samurai, mas agora também precisam fazer isso com muitas “distrações”.

Fonte: NoisyPixel

©みなとそふと/まじこい製作委員会