Categorias
Animes e mangás

Mais de 150 dubladores testaram positivo para COVID-19 este ano

A pandemia do COVID-19 está chegando ao seu terceiro aniversário e parece que não havia melhor maneira de celebrá-la com antecedência do que com um aumento nos casos positivos, especialmente no Japão. As notícias de dubladores e artistas que testaram positivo foram o pão de cada dia durante o mês de julho, e recentemente um popular fórum de comentários japonês compilou todos os casos positivos anunciados durante esse período.

A tabela, cujos nomes não traduziremos, mostra os dubladores e atrizes que emitiram comunicados à imprensa informando que testaram positivo para COVID-19 desde abril de 2020, e revisaremos quantos casos ocorreram em cada um dos meses:

  • Abril-2020: 2 casos.
  • Maio-2020: 0 casos.
  • Junho-2020: 0 casos.
  • Julho-2020: 0 casos.
  • Agosto-2020: 2 casos.
  • Setembro-2020: 0 casos.
  • Outubro-2020: 1 caso.
  • Novembro de 2020: 3 casos.
  • Dezembro-2020: 3 casos.
COVID-19

Certamente o ano de 2020 foi bem tranquilo, não é mesmo? Com apenas 11 casos positivos anunciados. Embora eu desejasse que tivesse continuado assim no próximo ano, 2021.

  • Janeiro-2021: 4 casos.
  • Fevereiro-2021: 0 casos.
  • Março-2021: 0 casos.
  • Abril-2021: 0 casos.
  • Maio-2021: 3 casos.
  • Junho-2021: 3 casos.
  • Julho-2021: 9 casos.
  • Agosto-2021: 29 casos.
  • Setembro-2021: 1 caso.
  • Outubro-2021: 0 casos.
  • Novembro-2021: 0 casos.
  • Dezembro-2021: 0 casos.
COVID-19

Ufa, 49 casos positivos em 2021, ou seja, um aumento de 345,45%. Mas talvez graças a quem escreveu “2022, surpreenda-me” no início do ano, esse número só aumentou consideravelmente nos últimos meses.

  • Janeiro-2022: 20 casos.
  • Fevereiro-2022: 33 casos.
  • Março-2022: 18 casos.
  • Abril-2022: 13 casos.
  • Maio-2022: 7 casos.
  • Junho-2022: 7 casos.
  • Julho-2022: 71 casos.
image 5

Bem, sempre pode ser melhorado, embora neste caso tenhamos 169 casos positivos, e o ano ainda nem acabou! Vamos torcer para que o número ao menos diminua sua taxa de aumento, já que a pandemia pode paralisar novamente as produções de animação, como aconteceu no ano passado.

Fonte: Yaraon!